quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Estantes diferentes e criativas

Você já teve alguma ideia bacana para sua estante? Que tal uma estante com formato do Pac-Man, ou em formato de um caracol? Quem sabe uma em formato de Yin-Yang ou de árvore? É isso mesmo! É possível ter uma estante diferente e criativa para guardar os seus livros e muito mais do que você desejar e necessitar. Os formatos e temas são variados, assim como os materiais e as cores. É só deixar a imaginação falar mais alto. Vamos conferir algumas ideias que fogem do lugar-comum e podem virar a sensação da decoração da sua casa ou apartamento!? Inspire-se!!!

Estante inspirada no game Pac-Man.

Estante em formato de caracol, feita de papelão.

Estante yin-yang, também feita em papelão.

Estante Read Bookshelf, criada pela marca de móveis italiana Saporiti.


Estante Read (parece ser em estrutura metálica)
Estante na diagonal e na cor vermelho. Linda!

Estante em X feita em concreto. Desenhada pelo arquiteto Rodrigo Ohtake

Estante Bookworm já vem com cadeira. Projeto do escritório holandês Atelier 010

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Bancadas em porcelanato

Gente, eu ainda não tinha ouvido falar, mas quando ouvi, fiquei de queixo caído. Estou falando das bancadas em porcelanato. (Isso mesmo! Você nao leu errado não!) As bancadas são feitas em porcelanato, tipo cubas escavadas ou esculpidas no próprio material. É uma gande novidade, principalmente pela beleza diferenciada e pelo acabamento impecável deste material que é o porcelanato. Mas você deve estar se perguntando como isso é possível?

A instalação é feita com peças grandes, geralmente aquelas com dimensões entre 100x50cm e 120x60cm, pois isso diminui a quantidade de emendas entre as peças. Mas dependendo do tamanho e do desenho da sua bancada ou cuba é possível utilizar porcelanatos em tamanhos menores. Quanto à execução, as bancadas com porcelanato seguem os cortes em meia-esquadria (em 45°) em  que são feitos comumente em mármores e granitos. As peças são apoiadas em mãos-francesas em madeira ou em alumínio.

Os especialistas garantem que a durabilidade e resistência são tão boas quanto das pedras, e isso vai depender da qualidade do porcelanato. Temos visto mais comumente sua aplicação em bancadas de banheiros e lavabos, porém em cozinhas, áreas de serviço e terraços gourmets, a utilização ainda é recente. Seja qual for o ambiente, as bancadas em porcelanato são tendência e com certeza vão favorecer ótimos projetos de interiores. Vamos conferir alguns projetos já feitos com o queridinho do porcelanato?!

 
Lavabo com bancada em porcelanato. Projeto: Marmoaria Pedra Bella

Lavabo com bancada em porcelanato igual ao do piso. Projeto: Carolina Laje

Bancada em porcelanato com válvula oculta. Projeto: Paula Kasas

Banheiro com bancada com desenho diferenciado. Projeto: Não identificado.

Cozinha com bancada em porcelanato igual ao do piso. Projeto: Patrícia Chambela

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Telhados verdes


Telhados Verdes ou Green Roofs se caracterizam pela aplicação de vegetação sobre a cobertura de edificações com impermeabilização e drenagem adequadas. Trazem melhorias no conforto térmico e visual das edificações, aumentam a biodiversidade local, contribuindo ainda para a redução de problemas ambientais, ligados à poluição, formação de ilhas de calor urbano, enchentes e inundações. Eles vem se tornando os queridinhos de diversos projetos arquitetônicos executados pelo mundo.


Criados na Alemanha, os telhados verdes ganharam espaço em toda a Europa a partir da década de 1960 e viraram sinônimo de requinte e bem-estar no topo de cidades como Nova York. No Brasil, a tecnologia ainda é recente, embora a oferta específica de tecnologias tenha aumentado na última década, mas existem ainda poucas opções no mercado. Esse tipo de cobertura vegetal pode ser instalada tanto em cobertura de prédios (laje) ou sobre telhados convencionais, como o de telha cerâmica, fibrocimento, dentre outros. É possível fazer um telhado com grama ou com plantas de pequeno porte.


É preciso destacar que a opção por um ecotelado ainda pode sair cara para algumas pessoas, porém segundo os especialistas, o custo-benefício compensa bastante. A utilização em larga escala dos telhados verdes poderia reduzir 1°C ou 2°C a temperatura nas grandes cidades. Outro ponto favorável é que o telhado verde reduz a temperatura da superfície das lajes diminuindo cerca de 15°C, o que influencia na sensação de conforto térmico dos ambientes. A diferença também é sentida no consumo de energia elétrica.



Existem diferentes tipos de sistemas para a construção de um telhado verde, mas para tal e necessário observar o regime de chuvas da região, o tipo de cobertura/telhado, as plantas que melhor se adaptam a ele. Os principais sistemas são: o sistema laminar e o sistema alveolar. A diferença entre eles é que o sistemaa laminar utiliza uma lâmina de água sob um piso feito em módulos, enquanto que o sistema alveolar possui uma membrana alveolar onde a água da chuva cai e fica armazenada. Escolha o melhor que se adapta ao seu telhado e curta os benefícios de ter um jardim nas alturas.

Sistema laminar

Sistema alveolar

Fonte: Ecotelhado